Vão cancelar o isolamento social?

Não basta você estar em isolamento, você tem que apoiar as causas de todas as minorias durante o isolamento (menos as que passam fome). Você não pode querer ter aulas à distância, porque isso é o desmonte da educação. Não pode reclamar do tédio que está passando em casa, porque tem pessoas morrendo. Não pode sair de casa sem máscara, porque está transmitindo o vírus. E mesmo se você vestir um traje de astronauta para sair, olhe como você é egoísta, porque pessoas estão sofrendo nos hospitais. Estão te vigiando o tempo inteiro, e você está sempre errado. Não sei quem estaria mais orgulhoso (ou distímico) Orwell ou Huxley.



O restaurante da sua esquina não pode abrir, nem a academia, nem a livraria, nem a loja de roupas. De onde eles tiraram a informação que foi nos estabelecimentos que as pessoas se contaminaram, ninguém sabe. Mas, com certeza, fechando eles a crise vai parar, e nada de errado vai acontecer, “a economia se recupera”. Nem quero entrar no mérito de quantas pessoas têm sua saúde fragilizada quando estão desempregadas, nem no que vai ser a maior recessão econômica que o mundo já viu. Só quero entender de onde tiraram a ideia de que tirar liberdades é o jeito de melhorar a saúde do país. Entraram agora na discussão de qual remédio o médico deve receitar ao paciente, não existe mais liberdade na saúde. O médico está sendo cancelado dependendo do que ele receita. Desde quando importa o que o médico receita? Ele que faça uma boa receita de cannabis para dissolver na comida, quem deve se preocupar com isso é quem vai ao seu consultório ou quem o contrata para trabalhar no hospital.  Interessante será se eles entenderem algum dia que o isolamento social estrito a longo prazo traz mais malefícios que benefícios. Então, os errados serão aqueles que decidem não abrir. E os textões no facebook vão estar virados para os restaurantes que não estão abertos para oferecer empregos? “Que egoísta o dono das lojas X que decidiu não abrir e não vai contratar pessoas, vamos boicotar a loja.” Vão cancelar o isolamento social? Quero que entenda que não estou em posição de afirmar que o isolamento social é errado, ou que as pessoas não precisem usar máscaras, ou que o vírus não se transmite de pessoa para pessoa, esse papel foi feito por outra organização no começo deste ano. Mas, qual a dificuldade de explicar aos contribuintes o que está acontecendo e deixar que cada um decida o que vai fazer? Ou talvez neste momento, se a mão bem visível do Estado não estivesse nos prendendo, os canceladores ativistas estariam nos censurando. E vamos deixar isso rodar por quanto tempo? Ayn Rand estaria vomitando assistindo o mundo de hoje, à medida que nos aproximamos dia a dia de O Cântico. Antes, é claro, que ela fosse cancelada.


Marcos Souza Parreira Estudante de Medicina da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre. Coordenador do Instituto Atlantos

©2020 by podcast. Proudly created with Wix.com

Ouça em

Spotify_Logo.png
Sondcloud_Logo.png
Itunes_Logo.png
gp-logo.png
youtube-play-icone.png